Simplicidade de Uso

Simplicidade de Uso

Apesar do dicionário definir simplicidade como “peculiaridade do que não é complexo”, com o passar do tempo, muitas personalidades importantes como Leonardo Da Vinci, George Bernard Shaw e Frederic Chopin, diziam entre outras citações, que a simplicidade é o último grau de sofisticação, difícil de se alcançar e tão trabalhosa que quando alcançada é definida como a conquista final. Ou seja, requer de toda equipe muito esforço e trabalho contínuo, para que a empresa ofereça o melhor, levando simplicidade de maneira absoluta.

Definimos então que a simplicidade e a complexidade necessitam uma da outra, nada se torna simples sem antes ter sido complexo, sendo o simples, consequência da experiência e conhecimento conquistados como o tempo.

Segundo as Leis da Simplicidade criada por John Maeda, existem diversas maneiras de tornar algo simples e usual, dentre as mais importantes estão:

Redução: Trata-se exatamente da questão de extrair o óbvio daquilo que é relevante;

Organização: Expor o essencial de maneira clara e objetiva, facilitando o uso do usuário e diferenciando dos outros produtos;

Tempo: O tempo é crucial, agilizar a utilização, tornando o processo mais rápido é a chave na simplicidade de uso;

Contexto: Por último citamos o contexto, pois é necessário sim reduzir, mas algumas coisas não podem ser esquecidas. Neste momento existe maior dificuldade em tornar algo simples sem perder as principais funcionalidades e as características de um produto ou do que se deseja simplificar.

Produtos com a usabilidade simplificada são também práticos e consequentemente mais velozes. Para unir praticidade e qualidade é necessária experiência, a fim de tornar simples um produto teoricamente robusto e aparentemente complexo. E isso requer conhecimento empírico do fornecedor.

Acreditamos que as aplicações devem ser intuitivas o suficiente para que os usuários requeiram níveis mínimos de treinamento, e que as aplicações possam ser acessíveis do dispositivo de preferência do usuário. Seja ele um desktop, notebook, tablet ou smartphone.