Departamento Pessoal e Recursos Humanos: aliança estratégica

Departamento Pessoal e Recursos Humanos: aliança estratégica

Antes de tudo, vale a ressalva de que DP e RH são áreas diferentes. Há algumas décadas, existia só o Departamento Pessoal, que era focado nas melhorias relacionadas às questões trabalhistas. Então, com a evolução dos mercados, mudanças comportamentais e avanço das empresas, ocorreu o surgimento e a ascensão dos Recursos Humanos, área voltada à Gestão Pessoas. Enquanto o DP manteve sua atuação burocrática (Leis, folha de pagamento, registros, cálculos trabalhistas, etc.), o RH desenvolveu-se em recrutamento e seleção, gestão de talentos, gestão de carreiras, cultura, suporte na digitalização das empresas, motivação individual e coletiva, relação entre colaboradores e outros assuntos voltados aos aspectos psicológicos do trabalho.

Apesar de terem atuações distintas, as duas áreas têm uma proximidade clara: gestão do trabalho com foco nos resultados da empresa. Por terem rotinas complementares e, em alguns casos, sequenciais, o DP e o RH atuam em conjunto em muitos momentos. O fluxo de um trabalhador dentro da empresa é acompanhado e gerenciado por ambos, o que faz com que a integração das áreas crie um ciclo de benefícios. Um DP ágil e correto assegura que o trabalhador tenha todos os direitos respeitados, garantindo uma experiência burocrática satisfatória. Da mesma forma, o RH otimiza a experiência profissional com incentivos, motivação e atividades voltadas ao trabalho e à qualidade de vida dos colaboradores.

Aproveitar as oportunidades da integração entre DP e RH é um movimento que pode trazer muitos benefícios à empresa e aos profissionais. Quanto mais estratégicas forem as duas áreas, mais possibilidade de que o negócio prospere. Um DP que atua proativamente na identificação e planejamento de táticas que garantam o cumprimento da legislação é favorável ao financeiro e jurídico da empresa, por questões burocráticas e legais, assim como ao RH, por questões de relacionamento e satisfação com o trabalho. Paralelamente, um RH que visa a melhor experiência para os colaboradores e também os melhores resultados para a empresa, é atento e solícito ao DP.

Além da sinergia em diversas rotinas, a aproximação entre DP e RH pode evoluir para derivações mais específicas. Por exemplo, programas de incentivo com bonificações e outros projetos similares do RH necessitam de apoio direto do Departamento Pessoal. Afinal, itens que impactam em folha de pagamento precisam do conhecimento e da validação do DP para que sejam corretamente elaborados e implantados. Outro exemplo são dados e informações do DP que podem ser úteis para a criação de iniciativas do RH. Logo, quanto mais próximas, mais benefícios uma pode oferecer à outra e mais vantagens para empresa.