30 anos da Techware | Conectar o humano e a tecnologia

30 anos da Techware | Conectar o humano e a tecnologia

É na relação espaço e tempo que a vida acontece. É como um roteiro, uma peça apresentada sem ensaios por atores que sabem como a história começa, mas não têm ideia de como termina. Mas é preciso estar pronto, lembrando Hamlet, da obra de Shakespeare: pronto para seguir seu papel; para improvisar quando necessário; para se relacionar com os demais atores. Porque é assim que a história se desenvolve.

Há trinta anos, um grupo de profissionais subiu ao palco e deu início à Techware.

Na história de cada um, um conjunto de experiências e o sonho de criar soluções capazes de ajudar outras empresas a construírem suas histórias, seus enredos e a prepararem e a cuidarem melhor de seus atores – as pessoas.

Nascida sob o domínio da necessidade de reinvenção, ela sempre procurou estar pronta. 

Tempo de ressignificação

Em toda a sua trajetória, a Techware criou uma cultura única, capaz de colocar em perfeito diálogo pessoas, tecnologia e design. E é com esses três atores que ela realiza seu propósito de encantar e mudar o mundo.

É na conexão do humano com a tecnologia que ela mantém viva a prontidão em construir o futuro hoje, ressignificando conceitos e experiências. Reinventando-se sempre.

30 anos da Techware: conectando humanos e tecnologia

Assim, mais do que comemorar um caminho de conquistas que teve início ainda com os softwares de Manufacturing Resource Planning (MRP, em português, Planejamento de Recursos de Produção) e sua conexão com as soluções para a área de recursos humanos, a Techware comemora as conexões do passado, presente e futuro, dos colaboradores, clientes e fornecedores. A conexão cada vez mais forte entre seu propósito e seu legado, dentro e fora do mercado.

Vida única 

Com a pandemia de covid-19, o mundo tem passado por um momento de reflexão sobre o que pretende ser. Descobrimos que a divisão entre vida pessoal e profissional é mais uma ilusão do que dois campos antagônicos e palpáveis. Nos vimos em nossa unidade e pessoalidade. Para muitos, foi o momento de conexão consigo mesmo, com os demais, com o planeta.

Aprendemos, empresas e pessoas, que muitas de nossas certezas podem e devem ser descartadas. Iniciamos a era dos desapegos e da valorização do que mais importa: as pessoas.

São as pessoas que constroem as pontes entre o hoje e o amanhã que desejamos. E a Techware aposta em seus TechDesigners para tirar desse futuro melhor aquilo que não cabe a ele. Assim como Michelangelo tirou do bloco de mármore o que não era Davi. 

Esse é o melhor exemplo de como pessoa, tecnologia e design podem encantar o mundo.

Pessoas e cultura

Para encantar ainda mais seus colaboradores, a Techware vem propondo uma série de mudanças e experiências. A nova sede será novamente nova. E não se trata de um jogo de palavras apenas, mas a reinvenção do espaço para que as pessoas possam vivenciar e desfrutar a cultura da empresa.

Com novas cores e espaços, a sede vai abrigar TechDesigners que acompanham a trajetória da empresa e outros que vão se juntar também nos novos rumos.

Em um mercado pautado pela mudança e pela velocidade, a Techware encontra na arquitetura Cloud a base para se conectar a outros mercados, a outras empresas, com mais soluções.

E isso vai demandar outras competências, novas pessoas, novas experiências, um novo olhar para o capital humano dentro da própria companhia, que passa a ter uma estrutura de pessoas e cultura mais fortalecida.

Que venham os próximos 30 anos

No início de uma jornada de novos 30 anos, a Techware reforça o que fez chegar até aqui. Sua essência, seus valores e sua cultura. É esse o fio que vai unir o novo ao atual, o futuro ao presente. O sonho à realidade.

E mais do que isso: a arte, o humano e a tecnologia!