Skip to content

Design Organizacional e Planejamento Orçamentário: como a tecnologia pode ajudar a simular cenários para a tomada de decisões estratégicas

RH
Techware
Novembro 27, 2023

No último relatório, Perspectivas Econômicas Globais, divulgado em junho deste ano, o Banco Mundial projetou, em sua previsão de crescimento global em 2023, que o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil deve desacelerar para 1,2% neste ano, com a expectativa  de aumento para 1,4% em 2024 e 2,5% em 2025. 

De acordo com o levantamento, a retração neste ano está relacionada à inflação nominal e ao núcleo que caíram de seus picos e, recentemente, abaixo do limite superior da meta do Banco Central. No entanto, o esperado para o resto deste semestre é que as taxas de juros diminuam, à medida que a inflação recue ainda mais, permitindo a recuperação em 2024.

“O crescimento global deve desacelerar significativamente em meio a altos níveis de inflação, políticas monetárias rígidas e condições de crédito mais restritivas”, declara o documento, que ainda destaca a insegurança causada por todos esses fatores, que segundo eles, “continuam prejudicando a confiança empresarial e o investimento”. 

Diante de um cenário econômico cheio de incertezas e instabilidade, é necessário contar com estratégias que ajudem a sua empresa a se preparar e se adaptar às transformações. Nesta publicação, abordaremos duas estratégias que podem ajudar nesse processo: Design Organizacional e Planejamento Orçamentário. Além disso, também explicaremos como a tecnologia auxilia na simulação de cenários para a tomada de decisões mais estratégicas.

Boa leitura!

Design Organizacional e Planejamento Orçamentário 

Você já ouviu falar em Design Organizacional ou essa é a primeira vez que se depara com esse termo?

Basicamente, esse conceito diz respeito à forma como uma equipe é estruturada na empresa, em relação aos seus cargos e funções. A finalidade é determinar uma estrutura de processos que possibilite aos profissionais atender, na medida do possível, a demanda de trabalho com eficiência e qualidade.

O Design Organizacional é um termo relativamente novo, por isso se tornou muito amplo, sendo também aplicado à reestruturação da organização para que ela esteja em consonância com as transformações do mercado, afinal, o comportamento dos investidores, assim como os hábitos de compra dos consumidores, mudam constantemente e as empresas devem se adaptar para atendê-los, buscando se manter competitivas. 

Qualquer tipo de negócio, independentemente de seu tamanho e visibilidade, precisa fazer um balanço de despesas e receitas mensalmente. Nesta etapa entra o Planejamento Orçamentário, que é uma ferramenta de controle de orçamento baseada nas previsões pautadas pelo histórico, objetivos e outros fatores relacionados à empresa.

Além de evitar riscos, esse instrumento permite que o empreendedor conheça a realidade do próprio negócio, aproveite melhor as oportunidades de lucro, direcione recursos financeiros ao que realmente é necessário e evite prejuízos, promovendo assim o desenvolvimento da empresa como um todo. 

Geralmente, o Planejamento Orçamentário possui 4 alicerces. A seguir descrevemos brevemente cada um:

1 – Custos

Todas as despesas que a organização possui para que as operações funcionem integralmente.

2 – Despesas

Mapeamento de todos os gastos necessários para a manutenção da empresa.

3 – Receitas

A quantia que a empresa espera receber no período que o Planejamento Orçamentário propõe. Aqui, os recursos financeiros podem ser relacionados à venda de produtos ou à oferta de serviços, recebimentos diversos, entre outros.

4 – Investimentos

Por fim, também entra no Planejamento Orçamentário a verba que será investida em melhorias na infraestrutura, benefícios para os colaboradores, implementação de novas tecnologias, entre outros investimentos.

Por que investir na tecnologia é essencial?

O Design Organizacional e o Planejamento Orçamentário, assim como a tomada de qualquer decisão, não devem mais ser baseados em presunções e achismos. Hoje, a tecnologia vem sendo utilizada como uma das principais facilitadoras desses processos, pois utiliza dados concretos e seguros. 

Diante disso, empresas de qualquer porte ou segmento, devem considerar a implementação de recursos tecnológicos que ajudem na condução das atividades, fornecendo os meios de avaliação, soluções para coleta de dados e gestão.

Especificamente em relação ao Planejamento Orçamentário, ainda é comum que a gestão de algumas empresas se baseie em estimativas imprecisas ou obsoletas, o que por sua vez pode levar a erros no cálculo das despesas, incompatibilidade nos valores das receitas e equívocos na alocação e priorização dos recursos, resultando em desperdícios, atrasos, retrabalhos e perda da competitividade.

Agora você quer saber por que uma abordagem preditiva é fundamental para o sucesso do seu negócio? 

Hoje, as abordagens preditivas são alicerçadas em dados, análises e inteligência artificial para prever cenários, tendências e comportamentos futuros, seja dos consumidores ou da nova economia. Esse combo de soluções tecnológicas é o caminho para tomar decisões mais assertivas e estratégicas, otimizar os recursos e impulsionar os resultados.

E como a empresa pode simular cenários para a tomada de decisões estratégicas?

  • Com o suporte de Sistemas de Gestão Integrados

É fundamental ter uma visão muito mais profunda e estratégica sobre tudo que acontece na empresa. Para isso, as informações de diferentes departamentos e atividades precisam estar integradas e os dados centralizados em uma única plataforma. Assim, é possível avaliar melhor as operações e, consequentemente, tomar decisões conscientes e precisas.

  • Por meio de dados atualizados em tempo real

A tecnologia contribui para que estejamos sempre atualizados e isso diz respeito também às informações do negócio e, ainda, ao mercado de modo geral. Com o auxílio dessas atualizações, é possível alinhar melhor as decisões e ficar por dentro da realidade do negócio.

  • A partir da tomada de decisão mais eficiente

Os sistemas modernos oferecem aos gestores um processo de tomada de decisão mais assertivo e eficaz para os interesses da empresa, isso porque a comunicação passa a ser mais fluida e a coleta de dados internos e externos é otimizada. Com dados concretos gerados por esses softwares é possível aproveitar as oportunidades e prever riscos.

  • Por intermédio de softwares inteligentes

Finalmente chegamos onde queríamos!

Falamos brevemente sobre a importância dos softwares nesse contexto de simulação de cenários para a tomada de decisões estratégicas, especialmente no caso de retração econômica.

No entanto, é sempre bom reiterar que hoje eles são determinantes para a otimização da gestão de dados, centralização das informações e automatização de processos considerados complexos e burocráticos, como é o caso da folha de pagamento, por exemplo.

Softwares, como o Rhevolution da Techware, estão gradativamente se tornando ainda mais completos, inteligentes, integrados e personalizados para cada tipo de negócio. Atualmente, eles possuem diversos módulos, são multiplataformas e também estão hospedados na nuvem, facilitando o acesso às informações e acompanhamento remoto a partir de dispositivos móveis, de qualquer lugar e hora.

A Techware pode ser uma aliada do seu negócio! Você ainda não conhece as nossas soluções e o por que cada uma delas têm se mostrado uma grande aliada da tomada de decisão estratégica dentro das empresas? Entre em contato com a nossa equipe e descubra como a Techware pode ajudar sua empresa a tomar decisões mais efetivas e condizentes com as transformações do novo cenário econômico!


Relacionados

Utilizamos cookies para personalizar e melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao aceitar essa mensagem e continuar navegando, você declara concordar com nossa política de cookies. Você pode gerenciar seus cookies a qualquer momento.